Irrigação

O papel da irrigação na produção de alimentos

24/01/2019 - Viqua

Irrigação nos alimentos

Antes de fazermos um raio x atual do quadro de irrigação na agricultura brasileira, vale ressaltar que o objetivo de utilizar água na agricultura

é a produção de alimentos.

A irrigação é a tecnologia ideal para atender à demanda crescente de alimentos de forma sustentável. O futuro na produção de alimentos para uma população mundial que só tende a crescer é o potencial de irrigação de áreas agrícolas. Porém, é importante ressaltar que não basta irrigar. É preciso planejamento, monitoramento e uma boa gestão da irrigação.

A chegada da tecnologia da informação no campo, com o uso da Agricultura Digital, permite trazer uma eficiência ainda maior para a irrigação, evitando desperdícios e aproveitando melhor o potencial produtivo de cada cultura.
 

Irrigar não é só jogar água: o uso sustentável dos recursos hídricos.

 A nova lógica de produção consiste também em realizar o uso sustentável de recursos naturais, sendo a água um dos mais relevantes. Em momentos de secas e de crises hídricas, o uso deste recurso se torna ainda mais crítico na agricultura.

Dentre os diferentes tipos de irrigação, destaca-se o de irrigação por gotejamento, que consiste em canalizar a água diretamente sob o sistema radicular da planta, fornecendo a quantidade necessária para ela se desenvolver com o mínimo de desperdício durante a aplicação.
 

O futuro da irrigação na agricultura brasileira.

A perspectiva da atividade de irrigação é tão importante que foi um dos temas centrais no último Fórum Mundial da Água, realizado no ano passado em Brasília.  O foco principal do debate girou em torno das tecnologias que apoiam o aumento da produtividade agrícola, além do uso eficiente da água na produção agrícola e o gerenciamento hídrico em toda a cadeia alimentar. Durante o evento, métodos modernos de irrigação foram citados como caminho relevante para solucionar a equação entre deficiência hídrica e a necessidade de produção de alimentos, no Brasil e no mundo. Inclusive, dentre as inovações tecnológicas que permitiram ao país aumentar a produtividade no campo nas últimas décadas, um dos destaques é a irrigação. 

A agricultura irrigada é favorável ao desenvolvimento de uma produção mais sustentável e, do ponto de vista ambiental, é muito mais interessante, sendo uma alternativa de maior produção, sem que, para isso, precise haver mais desmatamentos, sem abrir novas fronteiras agrícolas, utilizando as mesmas áreas que hoje já são utilizadas pela agricultura.
 

O Brasil no cenário mundial da irrigação. 

O Brasil tem 6,95 milhões de hectares de área cultivada irrigada, ocupando o sexto lugar no ranking mundial. E ainda há espaços para ampliações, dentro do critério de eficiência hídrica. Os líderes mundiais em área irrigada são China e Índia, com cerca de 70 milhões de hectares, seguidos do Paquistão (20 milhões de hectares) e do Irã (8,7 milhões de hectares), segundo dados do Atlas Irrigação da Agência Nacional de Água. O estudo da agência ainda cita que a agricultura irrigada é bastante dinâmica e diversificada no Brasil, mas lembra que a irrigação ainda é pequena frente ao potencial estimado do país, que corresponde a 76,2 milhões de hectares. 


A Víqua entende a importância da irrigação e sempre foi referência neste segmento, oferecendo linhas de produtos que se destacam pela sua qualidade e tecnologia. Acesse o nosso site e veja que temos a solução ideal para cada tipo de projeto. 
 


Irrigação
Compartilhar